Novo endereço

Novo endereço
.Graça e poder

sexta-feira, 13 de abril de 2007

Oração (Intercessão)

Oração e Intercessão
Leitura: Lc 11.1-13

Precisamos aprender mais sobre a oração: "Saber falar a Deus é mais importante do que saber falar aos homens". (Andrew Murray).

A intercessão deve ser prioridade: Antes de tudo, orem (1 Tm 2.1,2)

Oração é trazer alguém no coração. É colocar-se no lugar de outro e pleitear sua causa, como se fosse sua própria. A Bíblia manda orar uns pelos outros (Tg 5.16). A prática da oração comunitária: há problemas físicos, emocionais e espirituais que só são curados quando partilhados com outros cristãos e por estes levados em oração.
Interceder é colocar-se entre Deus e os homens (Nm 16.48). Somos chamados a sermos sacerdotes (1 Pe 2.9). Não cumprir este chamado é um grande erro (1 Sm 12.23).
Deus escolheu agir por meio do seu povo: na pregação do Evangelho, no ensino da Palavra, na oração de intercessão (Mt 9.38; Ez 22.30,31). "Deus não faz nada senão em resposta à oração" (John Wesley).
“O dar de deus está inseparavelmente ligado ao nosso pedir” (Andrew Murray). É Ele quem faz tudo, mas nós temos uma mínima participação, na oração intercessória.
Ilustração: O ratinho atravessa a ponte montado no elefante e depois diz: “abalamos a ponte, não foi?”

Princípios para intercessão:

1.Orar no Espírito

Orar no Espírito é depender da ajuda do Espírito Santo para pedir conforme a vontade de Deus (1 Jo 5.14).
O Espírito nos ajuda a orar como convém (Rm 8.26,27). Para ter resposta certa, precisamos pedir certo (Tg 4.2-3).
Orar no Espírito também é orar em línguas (1 Co 14.14,15).
O Espírito Santo nos orienta para orarmos bem. "Um cristão de joelhos vê mais que um filósofo na ponta dos pés". Patrick Johnstone. Muitas vezes, não sabemos o que fazer ou não podemos fazer o que é necessário, mas o Consolador nos dá Sua força (Zc 4.6).
O Espírito Santo e o Senhor Jesus intercedem por nós, mas nós é que devemos orar (Jo 16.26; 1 Tm 2.5).

2. Coração sensível.

O intercessor deve ter coração sensível à necessidade das pessoas (Rm 9.36-38).
A oração intercessória é a expressão do amor de Deus em favor do outro; é tomar a carga do outro (Gl 6.2).
Devemos ser sensíveis aos que sofrem perseguição (Hb 13.3).
Precisamos de homens e mulheres sensíveis para interceder com coração ardente.
O amigo importuno na parábola sente a necessidade do outro e pede por ele (Lc 11.). Ele sabe que nada tem para dar e vai pedir para o outro.
Falta-nos, muitas vezes, este coração sensível. Julgamos, apontamos e criticamos, mas pouco sentimos e oramos.

3. Identificação

Identificar-se com aquele por quem intercedemos é colocar-se no lugar dele (Fm 1.17,18).
Identificação é a base da intercessão.
Moisés identificou-se com o povo de Israel (Ex 32.32).
Paulo também ora pelos seus (Rm 1.9,10).
Jesus também ora por Jerusalém (Mt 13.37; Lc 19.41-44) e por Pedro (Lc 22.31,32).
Daniel confessou os pecados do povo como sendo seus (Dn 9.8,19,20)
Abraão intercedeu por Sodoma e Gomorra (Gn 18.22-33); Moisés clamou e Deus mudou os seus desígnios para com o povo (Êx 32.11-14; 30-25; Sl 106.23).
O Senhor Jesus deu o maior exemplo pois "pelos transgressores intercedeu" (Is 53.12; Mc 15.28; Lc 22.37). Intercedeu por Pedro ( Lc 22.31,32) e por seus escolhidos, na oração sacerdotal (Jo 17).

4. Fé operosa

A condição básica para a resposta à oração é a fé (Mt 21.22)
Ter ousadia na oração, como Paulo (At 27.22,25).

"Você pode fazer mais do que orar, depois de ter orado, mas você não pode fazer nada além de orar até que tenha orado" A. J. Gordon

A promessa é o recurso de Deus para garantir a resposta da oração. A fé é a reação humana diante das promessas.

Conhecer Aquele em quem temos crido é fundamental para alcançarmos a resposta à oração (2 Tm 1.12).

Não é fé na fé, nem pensamento positivo, mas fé em Deus.
A eficácia da oração está na fé. A força da fé está em Deus.
“Quando Deus promete e o homem ora, nada é impossível”.
“Nada está fora do alcance da oração, a não ser aquilo que está fora da vontade de Deus”.

5. Persistência na oração

O intercessor deve levar sempre a Deus sua oração (Is 62.6,7) e persistir nela (Gl 6.9).

Elias orou 7 vezes (1 Rs 18.42-44)
Moisés orou 40 dias pelo povo (Dt 9.26).
A igreja fazia contínua oração por Pedro (At 12.5).
Isaque orou 20 anos por sua mulher (Gn 25.20, 21, 26).
Perseverai em oração (Rm 12.12;Cl 4.2)
A espera faz parte da resposta. O que nos acontece quando oramos é tão importante quanto aquilo por que oramos. A oração em si é melhor que o pedido.

George Muller conta em seu diário: "Em novembro de 1844 comecei a orar pela conversão de cinco pessoas. Orava todos os dias sem cessar, com saúde ou doente, em terra ou mar, e em meio a quaisquer pressões que estivesse enfrentando. Demorou 18 meses até que o primeiro dos cinco se convertesse. Agradeci a Deus e continuei orando pelos outros. Cinco anos depois, o segundo se converteu. Agradeci a Deus pelo segundo e continuei orando pelos outros três. Continuava a orar por eles, dia após dia, e seis anos depois o terceiro se converteu. Agradeci a Deus pelo terceiro e continuei orando pelos outros dois. Esses dois não se converteram". Trinta e seis anos mais tarde, os outros dois ainda não tinham se convertido. "Espero em Deus, continuo a orar e buscar uma resposta. Não se converteram ainda, mas se converterão". Em 1897, o último se converteu, 52 anos depois que começou a orar, após a morte de Muller.

Motivos de intercessão:

Pelo ministério: que Deus guarde os pastores e líderes, que nunca venham a cair; para que Deus envie obreiros; pastores, missionários, evangelistas, mestres e profetas.
Pelos missionários: para que o Senhor abra as portas da palavra; pelas agências missionárias; pela abertura de novas igrejas;
Por um avivamento: para que o Espírito Santo renove a igreja, batize e conceda dons espirituais; Pelas nações: para que se abram ao evangelho; pela igreja perseguida em vários países; para que caiam os governos autoritários que não permitem a entrada do evangelho;
Pelas escolas teológicas: que formem obreiros preparados, comprometidos com a sã doutrina, crentes na inerrância da Bíblia e dispostos a evangelizar o mundo.
Pelas famílias: para que Deus esforce os lares, renove o amor nos casamentos, salve os cônjuges que não são crentes; pelos filhos, que sejam guardados das tentações, das drogas, do alcoolismo; pela união entre marido e mulher, pais e filhos. E tantos outros motivos que temos par interceder todos os dias.

Obras consultadas:

BEZERRA, Durvalina B. A Missão de Interceder – Oração na obra missionária. Londrina: Descoberta, 2001.
FOSTER, Richard J. Celebração da Disciplina – O caminho do crescimento espiritual. São Paulo: Vida, 1983.

SHEETS. Dutch. Oração Intercessória – Como Deus pode usar seus intercessores para mover céu e terra. Belo Horizonte: Atos, 2001.

5 comentários:

Anna llucia disse...

paz de senhor jesus irmão.gostei muito do que li e tenho certeza que Deus te abençoará muito neste trabalho,precisamos muito de pessoas assim que se preocupam com o crescimento do reino de Deus.
gostaria que se poder dê uma passadinha no meu blog,tambem iniciei um trabalho que está nascendo ainda mais creio que o Espírito Santo o está abençoando.
http://atallaiasdedeus.blogspot.com

Luciana disse...

Boa tarde!

À Paz do Senhor JESUS, essa mensagem de intercessão é muito forte, tocou meu coração, estava procurando na net uma palavra de intercessão em favor ao meu filho que está fazendo umaprova para ingressar na ETEC de SP, creio que DEUS já lhe deu essa vitória porque é ele que dá inteligência, sabedoria e conhecimento ao homem, ainda que não somos merecedores eu creio que o amor dele é infinito por nós e sei que aquele que começou a boa obra é fiel para completa-la. Que DEUS possa levantar muitas e muitas pessoas para que anuncie a palavra dele e que como eu na internet estava buscando uma achei essa palavra de fé e amor.

Fiquem com DEUS e intercedam por minha família eu Luciana, meu esposo Luiz e filhos Marcus e Flavia e toda minha parentela e o nosso ministério Igreja Renascer em Cristo.

Fiquem na Paz.

liliane cruz - AM disse...

Após este pequeno estudo, que pra mim foi de muita informação e vou mais além se tornou uma arma de defesa e confiança de que Deus é minha esperança, vou orar pelo meu ex marido que há cinco anos estamos separados e espero em um tempo não tão longo confirmar a minha vitória de converção do meu ex marido, hoje tomei a decisão lutar pela vida dele, e com este estudo pecerbir que posso mais que lutar sem mover um braço ou uma palavra contra meu proximo, apenas as minhas orações romperão barreiras.

Solange e Leandro disse...

A paz do Senhor,na procura de ensinamento sobre intercessão fiquei maravilhada com este ensinamento,que encontrei na internet, pois tenho um chamado para intercessão e preciso muito de ensinamento da parte de Deus sabemos que intercessão é lutar frente ao inimigo,é chamar as coisas a sua existencia como já existisse,que Deus os abençõe sempre.Peço oração para minha familia e a todas criaturas.

Anônimo disse...

Graça e Paz!
Muito bom!